Amigo Comendo Minha Esposa

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Amigo Comendo Minha Esposa

Amigo Comendo Minha Esposa

Ai o padre se esponjou por cima dela segurando os peitos e foi comendo devagarzinho.

Retribui ao beijo e senti uma mão forte na minha bunda.

Então, levantei e me aproximei da minha esposa. Ficou de quatro deixando a bucetinha bem raspadinha e o cúzinho expostos e sem vergonha alguma:-Vai pai! Tira a roupa e come meu cúzinho…e pare com essa coisa de filhinha…hoje eu sou sua putinha!Brincadeira! A menina estava quase me constrangendo, sério! Eu precisava explicar algumas coisas:-Tenha calma minha fi…putinha, eu vou te chupar primeiro,mas me explica que negocio é esse de piriquita raspadinha?-Ora papai, todas as meninas são assim hoje em dia mas se você não gosta deixo crescer…-Não minha filha…putinha…assim está muito bom!Deitei ela de costas na cama, abri suas pernas cheio de boas intenções, comecei alisando com a lingua aquela xaninha bem carnudinha, muito lisinha e macia, aos poucos fui correndo a lingua entre seus lábios vaginais e com os dedos abrindo a bucetinha já podia ver o interior, os pequenos lábios côr de rosa forte. Era tanto leito que lambuzou todo meu rosto. Trabalho no período noturno e nessa que foi a ultima semana útil de 2015 o pessoal que trabalha durante o dia foram para um bar próximo a empresa para fazer um amigo secreto e confraternizar pela última vez no ano, nesse dia eu estava de plantão e por trabalhar sozinho no meu setor não pude participar e o porteiro que fica na empresa com migo foi pra fará, por volta das 22hrs uma moça que trabalha durante o dia tocou a campanhinha, (vou chamá-la aqui de Camila) eu fui atendê-la vi que ela estava muito bêbada disse que não iria conseguir dirigir é sua casa e perguntou se podia ficar na sua sala e tirar um cochilo até ficar melhor disse que sim perguntei se não queria chamar um taxi ela disse que não, eu voltei pra minha sala e ela foi para a dela. Em nossas conversas ela confidenciava sua vontade de outra mulher, já que por me amar demais não se via com outro homem e com medo de me perder nunca imaginou-me com outra mulher.