Boquete Na Loja Da Oi

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Boquete Na Loja Da Oi

Boquete Na Loja Da Oi

Em seguida lancei um olhar para uma garota maravilhosa que estava do outro lado do bar, vestida de diabinha. Confesso que sua naturalidade ao dizer isso me chocou um pouco. Segurando o pau dele para cima, passou a fazer um boquete digno de filme pornô, por vezes parando de chupá-lo para dar uma surra de língua na cabeça do pau dele. Ela começou a entender porque ele fotografava pessoas famosas… as atrizes viviam marcando com ele algumas fotos e ele atendia a todas com muito prazer. você falou igual a sua mãe!!! Só que ela não resistiu a isso!!! Ela me virou e me deu um beijo ou tentou, me pegando pela nuca e brincando mais ainda em minha buceta.

Enfiava e tirava, e gemia a cada vez, aumentei pra dois dedos, aquilo doía, nunca nada tinha entrado e eu ja sou toda apertadinha por mim mesma.

Eu fiquei meio sem ação.

Tomei entre meus lábios aquele já tão inchado grelo e apertei. Depois ele desceu suas mãos para meu bumbum, apertava bastante enquanto se esfregava em mim, senti seu pau duro roçando na minha boceta por cima da roupa. A cumplicidade que o sexo pode trazer a um casal é algo formidável.

_Não pai tudo bem eu gostei. Ele tirou o mão dele da minha mas a minha continuava lá, em cima da calça dele.

FATIMA estava sozinha que eu estranhei mais nem me preocupei.

Ele insistia e acabava vendendo, sabia convencer as empresárias como ela.

Nem sou todo sarado… seria exagero…Sueli é uma mulher maravilhosa. Depois que brigamos, uns dias depois, ele apareceu em casa para pegar umas coisas que tinha deixado, quando terminou de guardar tudo ele me chamou para conversar, provavelmente uma tentativa de reatar a relação, eu fiz muito drama dizendo que não queria, mas eu ainda tinha/tenho muito tesão nele, e ao mesmo tempo que eu o mandava embora a minha buceta latejava querendo sentar. Beijo amor!!!Deitei do lado dele e fiquei só relaxando depois da mega gozada forte.