Corno Ajudando Negao A Foder O Cu Da Esposa

Corno Ajudando Negao A Foder O Cu Da Esposa

Corno Ajudando Negao A Foder O Cu Da Esposa

Depois que terminamos de comer eu sugeri que fossemos tomar um banho antes de ver os filmes, pra cortar um pouco do efeito do vinho, eu e minha esposa tomamos banho juntos e Patrícia tomou banho depois de nós, minha esposa pôs um shortinho e uma blisinha de dormir e ficou sem sutiã por baixo, e eu fiquei só de cueca e um calção, Patrícia saiu do banheiro usando um baby doll branco de linho bem fininho e confortável, nós combinamos que eu escolheria um filme e patrícia escolheria um de pornô lésbico, nosso sofá tem formato de L e permite que deitemos nele, mas ficamos os 3 sentados com as pernas esticadas, sentou Patrícia no local do L do sofá, minha esposa no meio e eu no canto, bem perto uns dos outros e começamos a ver o filme, que durava uns 20 minutos. Nesta noite para minha surpresa descobri que minha esposa tinha ido mesmo sem calcinha a maluquinha, ela transou muito com o negão e depois fomos pra outro quarto da casa que tbm tinha um colchão no chão, perguntei quem posava ali e ele me disse que de vez em quando vinha um amigo pra dormir ali.

Patricia deixou roger no sofa e falou amiga vem e sua vez de novo e ficarao as duas de quatro no sofa e roger comecou a fuder minha esposa de novo e eu vendo ela naquela posicao fui pela frente dei um beijo nela e falei amor voce e uma puta mesmo ela assim sou mesmo so voce que nao sabia ate minha amiga sabia e roger deu uma risada e metendo forte nela ela baixou a cabeca e gozou e patricia disse desculpa amigo voce e um corno apartir de hoje e roger falou concordo com isso ai tirou o pau da buceta da minha gata e deu pra elas chupar e falou vem ca suas putinhas que vou gosar e as duas chupando e ele falou vem ca puxou a cabeca da minha esposa e gozou bem na boca dela e deu pra patricia chupar e limpar tudo minha esposa com a boca cheia de porra do roger falou amor olha isso e engoliu tudo e ainda voltou e chupou roger de novo. ‘ tá gostando de foder sua putinha, seu safado? ‘ ela dizia.

Assim fui tirando a sua calça, fui puxando e ela me ajudando, depois que tirei sua calça e joguei longe pude contemplar aquele corpo, magrinho, seios pequenos, mas bem desenhados, a cintura bem marcada, as coxas lindas, proporcionais ao corpo, bem desenhada, e aquela calcinha rosinha, cavada, que permitia ver seus pelinhos rasos na virilha me matavam de tesão.