Esposa Chupando A Rola E Dedada De Meu Amigo Na Estrada

75 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

75 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Esposa Chupando A Rola E Dedada De Meu Amigo Na Estrada

Esposa Chupando A Rola E Dedada De Meu Amigo Na Estrada

– Tenho certeza que você está adorando.

No primeiro encontro ele nem me deixou entrar no carro direito já foi me beijando, me acariciando, levou minha mão á conhecer o que ele tinha de bom pra me dá e enquanto ele me beijava seu pau latejava dentro da calça, e eu sentindo aquilo tudo já me babava todinha por baixo, ele então para de me beijar e me pergunta vai querer sair pra um lugar reservado hoje ou amanha, eu não hesitei e logo respondi hoje, amanhã e sempre e fomos á um motel.

Eu achava que ela gostava disso, mas eu ficava muito puto.

– Assim não vale, quero ver direito, tudo!Então Julia tirou a camiseta e mostrou tudo. Depois de muitos beijos e dedadas o safado me colocou de costas para ele, abaixou minha calcinha, abaixou sua roupa, mandou eu empinar meu rabo e colocou sua pica dentro de minha buceta. "Ele merece apanhar, mas se aparecer com um dente faltando ou nariz quebrado, você vai ver que não é o único a ter “bala na agulha” e que sua “puta” pode ser tão má quanto você… Você pode até ter mais dinheiro, mas eu tenho certos amigos que você não tem. Chegamos no local por volta de umas 23:00, e fomos caminhando até a entrada, de mãos dadas exatamente como um casal e nervosos como se fosse a primeira vez de um casal de namorados, nos identificamos, pegamos nossa comanda e ao entrarmos naquele ambiente de luz baixa/escura, fomos levados a uma mesa por um dos atendentes do local. Mas ainda não era tudo e senti-o apontar ao rabo.

Era muito bom, Moacir não tinha do que se queixar!Esposa gozando, foi a vez de Julieta subir no sofá e ficar de quatro, recebendo as estocadas do genro, gozando e pedindo para ele comer seu cuzinho. Sozinho pela pequena estrada, pensamento vago, encontro Jorge, o rapaz de sempre, indo pro futebol. Deitou na cama, levantando somente a bunda. Fui chupando, ora devagar, ora mais rápido, enquanto eu apalpava as bolas dele.