Esposa Puta Gemendo No Pau Do Negão

53 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

visualizações

53 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Esposa Puta Gemendo No Pau Do Negão

Esposa Puta Gemendo No Pau Do Negão

MUITO ATENCIOSO COM TODOS, SEMPRE ALEGRE E BRINCALHÃO, UM TIPO QUE NÃO TINHA AQUELA IMAGEM DE MUSCULOSO, PORÉM SEM CÉREBRO, PELO CONTRÁRIO, ERA INTELIGENTE E MUITO CARISMÁTICO. É tradicionalíssimo mas, fodemos num papai-mamãe muito gostoso, o caralho do John entrava sem cerimônias em minha gruta já meladinha e seu saco batia em meu cuzinho como quem pede para abrir uma porta.

Eu sabia que a Mara tinha filhos,Antonio pirou ao ver a esposa refém de um homem como ele jamais havia visto. Mais tarde eu fui para o meu quarto e deitei.

– Ele falou, colocando a mão no meu ombro e me fazendo abaixar. Dei um riso e colei nele, o homem me bolinava em todo corpo, mordicava a barriga e os peitões. – Será que ficaremos seguros aqui, Adolfo?– Eu trago uma faca, se aparecer alguém teremos como nos defender. Passei os braços em volta das coxas dela, e fiquei massageando a virilha com os polegares. Eu sentia um misto de dor e tesão, mais tesão que dor. vc me deixa de pau duro…e logo vi que vc é uma putinha tarada e deliciosa…e tenho certeza que vc tá precisando de uma pica bem grande e grossa igual a minha…sua vadia deliciosa…agora senta na beira da piscina que quero chupar sua buceta gostosa…vadia safada!rnNem pestanejei e fiz o que queria…e rapidamente senti a boca do meu sogro na minha bucetinha…quando ele colocou meu grelo enorme dentro da boca e sugou com força não demorou nada pra que eu gozasse copiosamente gemendo e se contorcendo toda. Eu olhava para baixo, vendo uma parte da ferramenta do negão desaparecer e reaparecer dentro da minha boceta dolorida.

Ele encapau seu caralho com uma camisinha e lubrificou mais ainda meu reguinho com um gel anestésico e de uma só vez enterrou seu pau no meu cu.

"– Calma, você já está quase no ponto.

Ela era morena, bem mais baixa do que ele e por isso usava sapatos de salto bem alto, que lhe permitiam ficar com a cabeça, pelo menos, na altura dos ombros do patrão.