Flagra Amador Brasileiro Real Minha Namorada Super Boqueteira Paga Boquete Para Padrasto De Boa Vista – Rr

5 min

Categoria:

Tag:

visualizações

5 min

Categoria:

Tag:

Flagra Amador Brasileiro Real Minha Namorada Super Boqueteira Paga Boquete Para Padrasto De Boa Vista – Rr

Flagra Amador Brasileiro Real Minha Namorada Super Boqueteira Paga Boquete Para Padrasto De Boa Vista – Rr

Vem cá…”E falando isso arrastou a namorada até a cadeira erótica que existia ao lado, no quarto.

Ele tinha cara de bom moço mesmo, parecia interessado em mim…Ele sentado do meu lado, o cheiro dele me deixando louca…toda hora ele mexia no cabelo e eu só queria pular em cima dele!!!Ele começou a me perguntar sobre brasileiros, como eles agem quando querem ficar com alguém e tal…porque ele não conhecia nenhum. Quando moleque vivia na casa da minha avó casa esta onde tia janeide também morava com meu tio, sempre ficava com os olhos grudados naquele bundão, foram muitas as vezes em que eu ia até seu quarto e cheirava suas calcinha e aproveitava para tocar uma punheta, foi em um descuido que certa vez tia Janeide me pegou no flagra.

Esperei ela se arrumar na hora prevista e valeu a pena pois ela tava é muito boa(deixa eu tentar dividir com vc´s esta minha empolgação:ela tem uns 63kg,1.

Ele sem ação tentou sair, mas eu segurei sua perna com a outra mão e disse baixinho, só um pouquinho… Ele parou e espantado me viu enfiar a mão por dentro do short e tirá-lo pra fora, era lindo…Eu segurei bem rente a sua barriga, bem na base e então levei até meu rosto e cheirei, beijei, e comecei a chupar…Não demorou nem dois minutos e ele começou a esporrar, tirei a boca na hora e voou porra em todo o meu rosto, aquele cheiro forte me excitou mais ainda, depois de duas doses grossas de porra, eu pus a boca e comecei a chupar de novo, ele soltou mais dois jatos mais ralos, ele realmente não transava a muito tempo e acabei engolindo… Seu pau ainda continuava duro e eu continuei a chupá-lo com gosto, o que com Ricardo não era tão frequente, estava inebriada, foi qdo levantei e puxando ele pelo pênis o levei até o banheiro, tirei meu short e minha calcinha e abaixei na pia e qse implorando pedi pra ele transar comigo, ele tava super assustado, não sabia o que fazer, então peguei o pênis de novo e me posicionei facilitando o máximo sua penetração…comecei a empurrar meu corpo pra trás e senti ele me penetrando, estava tão molhada que ele com um pênis duro dando o dobro do meu marido entrou lisinho e aquele barulho peculiar ecoou no banheiro… Eu gemi e fui voltando meu corpo, acho que só consegui ir até o meio, pois já estava tremendo e empurrei de novo pra trás, comecei a gemer mais ainda, qdo senti sua mão em meu quadril e ele começou a bombar devagar…comecei a gozar e me senti mais molhada ainda… Começou a tirar qse tudo e empurrar de novo, era indescritível aquela sensação, estava segurando na pia e tentava empurrar meu corpo mais em seu pênis, senti ele parar e não aguentando comecei a rebolar loucamente num frenesi sem controle e muito, mas muito rápido.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

O Durval também gostou, me deu nota 10, disse que nunca tinha sido chupado tão gostoso!– Uau… minha mulherzinha tá virando uma expert em boquetes!– Viu só? Ainda serei uma boa boqueteira, pode acreditar, tenho de praticar muito!– Safada!!! Mas continua, o que mais rolou?– Ah, os dois ficaram se revezando em me comer.

Nos beijamos, pelo amor de deus, como ele beija bem! As coisas foram rolando de tal forma que em um quarto escuro foram parar três casais, entre eles eu e o Rei! Os beijos evoluíram e viraram mordidinhas nos lábios, pescoços, ele pôs uma das mão em baixo da minha blusa e de leve tocou os meus seios, ele sabia bem o que estava fazendo… minhas mãos estavam em seu pênis. Então foi minha vez de posiciona-la de quatro e socar gostoso vendo ela gemer abafado com outro pau em sua boca … imaginava ali entrando e saindo daquela buceta a cena que vi antes quando ela me chupava sendo fudida por ele do boquete ao ritmo das estocadas e socava mais forte para que a cada estocada o pau dele entrasse mais em sua boca, ouvia os gemidos dela abafados pelo pau dele, ficamos assim por alguns minutos até que gozei pela terceira vez. Nossa naquele momento fiquei com tanta vergonha q meu padrasto percebeu que tinha algo errado foi quando pedi para ele esperar pois tinha q tirar o meu carro para meu cunhado sair.