Fodendo A Negra Do Bundao Gigante

visualizações

5 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Fodendo A Negra Do Bundao Gigante

Fodendo A Negra Do Bundao Gigante

Reparei que o Carlos, o mais forte foi como uma camisa regada que mostrava todos os seus músculos, e com certeza isso atiçava a imaginação da minha putinha, vc sabem o que ela deve ter pensado quando vei aquele negrão musculoso: “Qual o tamanho da pica dele?”.

"Este fato aconteceu a alguns anos,eu na época tinha 18 anos e ela tinha 16,era feinha mas tinha um bundão grande e empinado,os seios duros as coxas grossas,de corpo a isabel era um espetáculo(vou chamá-la assim) ela sempre ia la em casa me procurando mas eu olhava pra ela e o pau não subia,até que um dia ela chegou la em casa dizendo que ia embora pra são paulo morar com a mãe e que nunca mais íamos nos ver,mas que ela era doida por mim essa coisas,eu comecei a olhar pras pernas dela,a bicha vestia um shortinho curtinho ligado,e uma tomara que caia,comecei a me animar com aquele corpão,mas logo minha mãe chegou,nós disfarçamos e ela foi embora mas fiquei com tesão nela,depois do almoço minha mãe voltou pro trabalho e eu fiquei sozinho em casa novamente,meia hora depois ela chegou mandei ela entrar passei o cadeado no portão e começamos a conversar na sala,fui me aproximando mais pra cima dela,e disse a ela que ela ia levar uma lembrança minha,comecei a beijá-la passar a mão nas coxas o pau começou a subir logo peguei a mão dela e coloquei nele,ela apertou e começou a me punhetar bem gostoso puxei a blusa dela colocando aquele peitinho duro pra fora comecei a chupar os bicos morder e ela gemendo bem gostoso apertando meu cacete,deitei ela no sofá e comecei a tirar o short dela que meia envergonhada mas liberou,deixei ela pelada e pude ver que era tudo grande e durinho,afastei as pernas dela me ajoelhei e comecei a lamber a bucetona lisinha dela ela apertava a almofada e gemia gostoso,fiquei em pé e coloquei meu cacete que estava durissimo cara a cara com ela,ela alisava e meio sem jeito beijou,segurei na cabecinha dela e fiz com que abocanhasse a vara ela fechou os olhos e mamou deliciosamente eu empurrava com mais força devez em quando encostava na garganta ela queria parar mas eu não deixei,apertava os peitos e socava toda a rola naquela boquinha quente,depois tirei e me posicionei pra enfiar nela que ficou tentando argumentar que tava com medo,que era virgem mas eu estava tarado e não tinha nada ali que me empedisse de meter a rola nela,comecei a beijala pedi pra relaxar que ia gostar,que ela dizia que me amava então tinha que ser o primeiro,e facilmente a bichinha liberou,comecei a empurrar o cacete na xotinha arrochadinha dela,quase não entrava mas com jeitinho consegui aos pouco fui colocando,e ela dava gritinhos mas eu empurrava até tirar aquele cabaço foi maravilhoso ver aquela morena gemendo e querendo chorar,soquei o cacete todinho nela e quando estava quase gozando tirei e gozei em cima daquela bucetona não aguentei dar outra mas fiquei com vontade,se eu soubesse tinha comido ela a mais tempo,no dia seguinte ela viajou e nunca mais eu a ví,soube que casou e que tem vontade de vir visitar a vó,tomara que venha e que esteja gostosa,eu casei mas continuo safadinho.

Não apenas a sala, mas a copa também era enorme, os quartos idem, e até os banheiros eram gigantescos. ""certo dia estava eu,um jovem pronto para o sexo a qualquer hora e com quem fosse, jogando meu ps4 na sala, e de repente bateu uma sede, fui na cozinha beber agua e qundo passei pelo quarto da minha mae escutei uns barulhos de beijo, ate ai normal,quando eu voltei, escutei minha mae gemendo, e aquilo me deixou de pau duro na hora,nao me aguentei e comecei a bater uma na porta dela mesmo, só ouvindo seus gemidos e meu padrasto chamando ela de tudo qualquer nome,que aumentava ainda mais o tesao, so que nessa meu cotovelo esbarrou na porta que nao estava fechada, estava eu la, de frente para minha mae fodendo com o pau de 20cm na testa,minha mae olhou e ficou meio assustada mas meu padrasto me chamou para entrar na brincadeira, eu sem saber se era verdade ou sacanagem fui,mesmo que so ficasse na punheta ficava feliz, mas minha mae nao parava de olhar para o meu pau foi ai que meu padrasto falou: -que foi quer mamar seu filinho???e ela respondeu: -quero essa piroca toda na minha bocaeu sem exitar fui e que boca gostosa puta qu pariu,ela mamava tudo, depois fui mais ousado e pedi para meter na buceta,ai eu e meu padrasto trocamos de posiçao, metia nela e ela gemia como uma puta, nunca tinha visto ela por esse lado, ela gritava: vai gostoso,come essa buceta vai,mete gostosomeu pau como é maior que do meu padrasto, fez ela ficar toda fogosa e pedir no cu: -filhao…sabe…eu aduro dar o cuzinho, me come vai?!?nem pensei 2 vezes meti, e que cu apertado gostosa, minha mae tem uma bunda gulosa, depois meu padrasto veio na buceta e fizemos uma dp, nao aguentei e gozei e ela falou: -ai que gostoso meu cuzinho chei de porra quentinha…depois ela continuou com meu padrasto,que mora no rio, entao sempre que a minha mae ta carente ela recorre ao filhao para meter no cuzinho dela.