Fudendo a buceta da pretinha gostosa ate encher as costas de leite

Fudendo a buceta da pretinha gostosa ate encher as costas de leite

Fudendo a buceta da pretinha gostosa ate encher as costas de leite

"Certa vez fui em uma festa na casa de uma amiga minha é acabei conhecendo uma linda garota de cor branca alta em torno de 1,70cm,seios médios e a senhora boca carnuda seu nome era Katrina,conversamos um pouco sobre a vida em geral só que enquanto nos conversávamos dia perna ia encostando na minha logo fiquei de pau duro nossas bocas se aproximaram e logo aconteceu nosso primeiro beijo! Nossa é que beijo suculento!Mantemos contato durante um tempo sempre marcavamos pra sair mas nunca dava certo, até que um dia vi que meus pais iam sair e a convidei para almoçar comigo ela demorou um pouco mas apareceu,usando um perfume maravilhoso e com uma blusinha que deixa seu sutiã a mostra depois termos almoçado da pediu pra ir ao banheiro acompanhei ela até ele e voltei fiquei esperando ela em pé pois ela ia ter que passar por mim já que eu estava impedindo a passagem do corredor (usando minha malandragem claro hehe) quando ela voltou puxei ela e a beijei fui retribuído da mesma forma,nossas línguas se entrelaçadas foi um logo e delicioso beijo depois fomos para o meu quarto e ali tirei seu short e logo em seguida sua calcinha sentindo aquele cheirinho gostoso de uma bela de uma buceta esperando pra ser Chupar a! Cada vez que eu passava a língua ela se contorcia ainda mais em seguida coloquei meu pau pra fora e ela mamava foi quando a coloquei na posição papai e mamãe e ali eu socava ela sem parae,depois fizemos de lado dei umas metidas mas quando eu a coloquei ela de quatro e ela empinou aquela senhora bunda nossa! Parecia que tinha crescido de uma forma e então comecei a socar nossa que delícia nunca tinha socado uma mulher com tanta vontade depois ela veio por cima e ela sentava e sentava,coloquei de quatro de novo e eu socava mais e mais até que e eu gozei. Ele estava fudendo a boca de minha mãe e não ia demorar a ter um orgasmo devastador.

mas ele aproximou se de mim e disse maninha do meu coração, eu te amo amor da minha vida, deixa eu ver a sua bucetinha, eu quero saber se ela é loirinha ou se é pretinha igual as outras, eu estava apavorada e com uma mão eu tapava os meus seios e com a outra eu tapava a boceta, com uma carinha de safado, ele começou a me elogiar, dizendo que eu era linda e que o meu rosto parecia uma boneca, que as minhas coxas eram lindas e gostosas, aquelas palavras foram me deixando mais relaxada e excitada, ele começou a puxar a minha, para que eu me liberasse para a sua visão. – falou, mas dando um passo para frente, fazendo menção de entrar, peguei em seu braço e a puxei, já colando seu corpo ao meu fui a beijando aquela boca linda e já desabotoando suas roupas e em segundos estavas-mos nus, eu mamava seus seios e a beija e lambia aquele corpo macio e cheiro, deite ela na cama e abri suas pernas deixando a mostra uma buceta linda, ela não se depilava mas não tinha muitos pelos, deixando aquela bucetinha mas bonita ainda, abri ela com os dedos deixando aflorar seu clitóris, desci a boca e passei a língua nele depois o suguei, passei a língua nos lábios e introduzi ela dentro do seu canal úmido, ela se contorcia e gemia, fui subindo e fiquei a em cima dela com o pinto entre seus seios, passei ele na sua boquinha linda ela deu uma chupada na cabeça dele eu apertei seus seios em torno do meu pinto e comecei a meter entre eles ela o chupava caba vez que a cabeça chegava a sua boca, eu quase gozei, mas me contive e voltei abri suas perna apontei meu pinto em sua buceta e o enfiei agora com delicadeza e ele foi sendo engolido por aquela grutinha quente e macia, quando estava já quase gozando, eu pedi que virasse de costas, nossa aquela bunda branquinha e lisinha era muito bonita eu passei o pinto varias vezes em sua bucetinha e comecei a estocar com gosto não demorou e nos dos gozamos, eu deitei a seu lado a puxando em cima de mim ficamos nos beijando por vários minutos, então ela disse.

Que se mostrou gostosa ainda pra fazer o serviço. Queria pular em cima dela e encher aquele rostinho de tapas. Dona Maria estava engolindo aquele leite na sua boca e engolindo novamente aquele pau sujo.