Morena Cavalgando No Brinquedinho

Morena Cavalgando No Brinquedinho

Morena Cavalgando No Brinquedinho

Sentindo sua excitação, tiro meu pau de dentro do cuzinho, ela se sente parcialmente aliviada, então a levanto e a coloco sentado sobre o pau do meu amigo, de frente pra ele, seguro ela pelos peitos e a ajudo a fazer um movimento de cavalgada sobre o pau do meu amigo, ela embala o movimento e continua gemendo, então inclino ela para frente, meu amigo passa a chupar seus seios enquanto ela continua o movimento de cavalgada, em seguida inclino ela mais para frente, seus seios pressionam peito do nosso amigo e eu enfio o dedinho no cuzinho dela, ela continua cavalgando sobre o cacete, enquanto lubrifico continuo a enfiar o dedo cada vez mais forte, então coloco meu pau na portinha do cuzinho e inicio um movimento de penetração, ela rebola, enquanto sente prazer com o pau do nosso amigo na xaninha, começa a sentir a penetração do meu pau no seu cuzinho, conforme se movimenta, mais fundo meu pau penetra no seu cuzinho e mais ela atola o pau do meu amigo na sua xana, totalmente penetrada ela aumenta a velocidade, meu pau esta inteirinho dentro do seu cuzinho, ele geme de prazer e dor e grita, me fode , me fode mais fundo, e de maneira enlouquecida, pressiona os dois cacetes pra dentro de si, começa a gritar, vou gozar, vou gozar, e apertando os dois paus, geme de prazer e grita to gozando, to gozando, to gozando muito………"– Você é bom nisso, garotinho. Me levantei, dei um beijão na sua boca, peguei uma de suas mãos e fiz ele me tocar toda, meus peitos, meu rabo, meu cuzinho, percebi que quando passava o dedo no meu ele tremia, então me sentei no sofá, abri bem as pernas e pedi:Eu: – Quero abra aquela gaveta e escolha um brinquedinho. Maya é uma morena bonita, e sensual esse conjunto chamava a atenção.

Sabia que naquele momento seria mais uma vez arrombado e não tinha mais volta como sempre, pois e uma sensação estranha e muito prazerosa para quem tem o lado feminino aflorado, não adianta lutar contra, é muito sofrimento,prefiro me soltar deixar acontecer.