Negão Pauzudo Comedor Rasgou Minha Esposa Em Nossa Cama

Negão Pauzudo Comedor Rasgou Minha Esposa Em Nossa Cama

Negão Pauzudo Comedor Rasgou Minha Esposa Em Nossa Cama

Isso tudo demorou uns 15 minutos, imaginei se ele ainda estava lá… Chamei pelo SKYPE:– Vamos? – e ele:– Bora gostosa… e já mandou a solicitação de chamada com vídeo a qual eu atendi rapidamente…Apareceu no meu vídeo uma piroca preta gigantesca e dura com uma cabeçona enorme, roxa e melada… Com o áudio aberto eu falava com a voz afeminada:– Estou louca de tesão seu puto safado pauzudo, cavalo… Seu pau é enorme e eu quero chupar.

Ela me dizia: “Ai, que dedo gostoso em meu cuzinho! Mexe ele, mexe, comedor…” Levei Sandra à loucura.

Se você estiver interessada, entre em contato e faça como a Marisa, sejauma das nossas narradoras.

E deveria ser no motel, mas o sonho nas punheta que ele bate é pensar que estou não em motel e como esposa exemplar eu tinha que atende os desejos dele, haveria de ser numa pracinha escura atrás de casa e voltar rápido como uma esposa obediente pra sentar no cacete do marido. Meu irmão decidiu comer primeiro o Cu, quando ele enfiou sentir a velha gemer de dor e prazer, mas nem por isso parou de chupar minha pistola, que ia até sua garganta, logo meu irmão gozou, e quis descansar um pouco, sentou para tomar um café, mas a velha não queria parar ainda, pediu para eu também enraba-la, já com o Cu cheio de porra penetra-la foi fácil, comecei a estocar com força e bem rápido, meu irmão tomando o café, só assistia, a velha cheia de tesão dava bundadas no meu pau, e rebolava, até que eu também gozei.

Ela levantou, pegou o cheque na sua bolsa, rasgou e disse: vc acha que depois disso quem tem que me pagar é vc? Me deu um beijo na boca, disse: – adorei, obrigada! Volte sempre!Tomamos um banho juntos e ficamos conversando sobre o que aconteceu, continuamos melhores amigos e transamos até hoje. Ao entrar no quarto o negão me jogou na cama e tirou minha roupa, me deixando apenas de calcinha.