Negra Magrinha Peitinho Durinho Monta E Fode Minha Rola Que Tesão

Negra Magrinha Peitinho Durinho Monta E Fode Minha Rola Que Tesão

Negra Magrinha Peitinho Durinho Monta E Fode Minha Rola Que Tesão

Ela gelou percebi e percebi que ela que estava indo botar agua no copo ela PArou tudo e ficou imóvelMeu sogro deu uma risadinha e falou, eu não vou perder tempo em ficar falando, mas eu vou fazer exatamente o que fiz com você no sonho, como eu não me manifestei contra, ele me tascou um beijo de língua bem gostoso, segurou no meu seio e deu uma apertadinha bem de leve, eu senti um arrepio no corpo inteiro, quando a sua mão tocou na minha bucetinha, eu me entreguei de corpo e alma, minha bucetinha já estava molhadinha, ele tirou a minha camiseta e começou a chupar os meus seios, sua mão já estava dentro da minha calcinha, alisando e apertando a minha bucetinha molhada. Ele então, olha toda a cena enquanto coloca o pau inteiro na minha boca devagar, e então ele começa a mexer os quadris mais e mais forte, fodendo minha boca literalmente, e eu continuo chupando mais forte na proporção que seu pau entra e sai da minha boca"OI GENTE MEU NOME É KIMBERLY E QUERO CONTAR HOJE ALGO QUE SE PASSOU NA MINHA ADOLESCÊNCIA EU TINHA 18 ANOS MORENA MAGRINHA MAS SEMPRE TIVE SEIOS E BUNDA GRANDES CABELO COMPRIDO.

"Eu casado, ja tinha 4 a 5 anos que eu era doido, apaixonado ou qualquer coisa do tipo por ela uma Linda mulher que trabalhava comigo,ela Negra de 1,65 alt uns 70kg toda linda e gostosa, uma Linda bunda um par de caixas roliços e maravilhosos para completar um par de seios que só em tocar ficam furinhos. Eu me chamo Kimi tenho 19 anos, sou branquinho com seios empinados e durinhos, tenho 1,70 e 59 kg moro com meus pais e tenho um primo se chama Luan tem 25 anos, negro lindo, tem o corpo lisinho e malhado, ha meses percebi suas olhadas, e decidi atacar. Eu retraí-me e logo depois ela voltou-se para mim e olhou para a massiva tenda que eu tinha montada nas calças do meu pijama.

Na hora em que mergulhava, afastava as cortininhas do sutiã e os peitinhos ficavam soltos. -Perfeito! amanhã então!Depois da conversa no chuveiro gozei muito, estava morrendo de tesão, quase nem dormi direito pensando no outro dia, me arrumei pra aula e no horário combinado fiquei esperando Larissa na sala, ouço dois toques na porta, era ela, vestida com aquele mesmo vestidinho mas com uma jaquetinha pois estava frio, entrou, não disse nada, nem eu! fechei a porta com a chave e logo coloquei ela sentada sobre a mesa, começamos a nos beijar intensamente derrubando aquele livro da mesa, o beijo quente, molhado alternando mordidas enquanto eu arranhava sua cintura quase rasgando o vestido, tirei uma alcinha só do vestido e fiquei lambendo o bico enquanto com a outra mão puxando a calcinha pro lado massageava o grelinho até sentir melando meu dedo, depois tirar o melzinho da buceta dela e passei no bico do outro seio pra chupar, quando fui pro outro seio dei uma puxada forte no seu acabelo e comecei a chupar sem parar, ouvíamos barulhos na sala ao lado, conversas, pessoas passando o que deixava o tesão maior ainda, sem tempo para chupar muito a bucetinha dela, segurei suas costas abri o ziper da calça e já fui enfiando na buceta dela muito rápido e intensamente, quanto mais ela gemia mais forte eu eu metia e com mais tesão ficava, estava maluco de tesão com aquela situação, ela pedia pra eu meter mais na aluninha tímida, se mordendo toda eu fodia mais e mais, ao final tirei o pau e gozei no chão mesmo.