Putaria Brasileira Gostosa Super Boqueteira Dando Que Nem Puta E Corno Filmando Da Boazuda – Rj

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Putaria Brasileira Gostosa Super Boqueteira Dando Que Nem Puta E Corno Filmando Da Boazuda – Rj

Putaria Brasileira Gostosa Super Boqueteira Dando Que Nem Puta E Corno Filmando Da Boazuda – Rj

Estava viajando com um amigo chamado Pedro, mais velho q eu super atraente, branco forte, costas largas e uma mão que quando me tocava já me deixava e êxtase com a bucetinha piscando de prazer, ele sabia bem o que fazer.

PRECISO DIZER QUE MADÁ É UMA MORENAÇA LINDA E PRA LÁ DE BOAZUDA, COM QUEM DE VEZ EM QUANDO FAÇO UNS PROGRAMINHAS MAIS ARROJADOS. Mexi, vagarosamente, minha mão dentro dela, e ela filmando minha chupada.

"Depois da primeira transa ela se mostrou mais safadinha quando vinha para a consulta, quando estava vazio eu comia ela ali mesmo na maca, fechava o Box para o caso de alguém entrar, e comia ela bem gostoso, mas não socava com muita força pq já conheciaos gemidos dela, eu abria o jaleco colocava a rola para fora baixava a calça dela e colocava ela de quadro e fodia ela assim, as vezes quando estava cheio era só um boquete enquanto ela fazia o aparelho para tirar a dor nas costas, mas um dia foi muito louco, o consultório estava lotado, só um Box vago, e ela chega com o marido, me apresenta ele e ele sai para ficar aguardando ela fazer a fisioterapia, como sempre ponhoela no Box, fecho a porta, e assim que fecho ela me puxa me da um beijo e diz baixinho no meu ouvido, hoje quero que me coma com ele la fora, meu pau subiu na hora, mas falei que não dava estava muito cheio alguém ia ouvir, mas ela já tinha aberto meu jaleco e estava abrindo o zíper da minha calça, colocou meu pau para fora e chupou, ai toda razão já tinha sumido da minha mente, segurei ela pelo cabelo e fodi sua boca com meu pau, ela chupava como uma ninfomaníaca, e eu segurando para não gemer, ela parou de chupar levantou e tirou sua calça toda ficando so de calcinha e a camisa que estava, sentou na maca chegou a calcinha para o lado e me olhou, ela não precisou falar nada, passei a cabeça da minha rola no seu grelo, ela se estremeceu, falei no seu ouvido que ela não podia gemer, ela concordou com a cabeça e então eu meti nela, fui entrando bem devagar, sentindo sua boceta quente e melada de tesão, fui metendo mais forte e elame olhava com uma cara de devassa que minha vontade ela socar como um animal mas não podia, então segurei ela como frango assado e meti bem fundo nela, sempre olhandopara ela, fui socando mais forte, ela começou a revirar os olhos, quando senti que ela ia gozar, segurei ela pelos cabelos e dei um beijo nela para abafar qualquer gemido, senti seu corpo estremecer de com o gozo dela, e seus pelos arrepiarem, como sempre isso em deixa doido então soquei com mais força ela falou que queria o leite todo na sua boca, então tirei ela da maca, ela se ajoelhou com aquele olhar implorando por leite, gozei sua boca todinha, ela buscava minha porra com a língua depois de lamber minha porra toda ela engoliu tudo. Joguei a cabeça pra trás… Contraia minhas nádegas provocando uma sensação gostosa no meu cuzinho.

Kelly não aguentou de tanto tesão e me chamou para participar da putaria delas, começamos a nos beijar e Thais imediatamente começou a lamber meu saco, Kelly chupava a cabeça do meu pau como só ela sabe fazer.

Como já foi comentando eu namoro o João, mas de vez em quando ele é corno, e dessa vez não foi diferente. Bem, a sedução dos americanos pelas brasileiras começa… pela bunda! Então, quando ele se dispunha e me ensinar alguma coisa, eu colocava os menores shortinhos para realçar meu bumbum.

Era uma excelente boqueteira, a Laura.