Raquel Gritando De Dor No Primeiro Anal

3 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , ,

Raquel Gritando De Dor No Primeiro Anal

Raquel Gritando De Dor No Primeiro Anal

Não sou dotado de nada sou normal, mas tenho uma pica que fica dura feito pedra, minha amada adora, desde os 26 anos leio conto erótico nunca acreditei na maioria deles mas agora que vivo isso venho aqui para contar a minha história sexual com minha quase esposa, uma loirinha linda de seios pequenos duros bucetinha linda as vezes com pelos loiros, pernas e braços pintados, coxas grossas, com seus 32 anos, transformei ela numa safadinha, não entendemos o porque que nos excitamos com os contos e os mais variados possíveis eu sempre me excitei imaginando minha namorada e outro cara, ou com outra mulher, e as mulheres são mesmo putas no bom sentido da palavra cada uma de forma específica e nós homens adoramos esse comportamento delas porém que não fuja do nosso controle…basta passarmos segurança e deixá-las se sentirem a vontade para fazer o que elas quiserem no meu caso aconteceu de forma natural uma vez estava no carro com minha namorada e pedi para ela ficar com a bunda encostada na janela e chupar meu cacete falei de forma de brincadeira mas ela prontamente atendeu e começou a me chupar de forma que minha pica ficou dura feito pedra e ela me perguntou amor porque seu cacete ficou assim tão duro e eu respondi é que tem um cara vindo em nossa direção ela se assustou um pouco mas eu disse que tudo bem ele só estava olhando, mas ele veio se aproximando e ficou bem de perto olhando com a cara de guloso pra bunda de minha namorada que estava com uma calcinha toda enfiada na bunda de repente o cara tirou a pica pra fora fiquei um pouco receoso e mandei ele se afastar e ela se sentar quando ele se afastou pedi a ela pra recomeçar mas agora com os peitinhos livres e com a calcinha mas dentro ainda daquela bunda maravilhosa, ela começou a chupar meu cacete novamente com aquele bundão para fora da janela do carro e o cara quando viu se aproximou muito que não vimos pois o tesão era muito e só percebemos quando ele pediu para passar a mão na bunda dela ficamos pasmos com e pedido atrevido dele e perguntei a ela se podia e ela disse que por ela tudo bem se eu deixasse é claro e então fiquei um pouco com raiva, ciúmes e tesão , o tesão foi mas forte pois nunca tinha visto ela ser putinha assim, então deixe o cara tocar na bunda dela, ele alisava toda a bunda com a calcinha toda enfiada enquanto ela chupava meu cacete que já estava prestes a gozar em sua boca foi quando ouvir ela dizer com a voz rouca e bem baixinho mete sacana, fiquei curioso quando olhei o cara estava enfiando o dedo na buceta dela sem o menor pudor foi quando ele afastou a calcinha e começou a chupar a buceta dela e a minha namorada estava se transformando em uma putinha safada e eu sem saber o que fazer pois estávamos em um estacionamento em nossa cidade, mas estava muito gostoso ver tudo aquilo e ainda ser chupado por minha safadinha, ela tirou o meu pau da boca olhou pra traz e falou chupa seu safado não é isso que você quer e voltou a chupar minha pica e bateu uma punheta toda meladinha não pude mais segurar e gozei tudinho em sua boca não precisou pedir quando o cara viu que eu tinha gozado saiu agradeceu por ter deixado ele sentir um pouco daquela mulher gostosa, ela tirou a calcinha limpou meu cacete e saímos em silêncio, ao chegar em casa pedi a ela que fosse tomar um banho e depois eu dei um banho de língua nela chupando toda a bucetinha e bunda dela que é linda retribuindo o prazer que ela havia me dado ela não queria gozar em minha boca e pediu que enfiasse minha caceta que já estava dura feito pedra assim meti tudo não demorou muito e ela gozou gritando muito, tomamos outro banho, nos beijamos e fomos dormir agarradinho.

Certo dia eu estava de folga e ele também então não perdemos tempo e fomos para o motel, cheguei primeiro que ele e fiquei lá sentado esperando.

Nao aguentava mais de tezao ai patricia saio por alguns minutos e voltou e falou vem amiga isso e pra voçê e deu a ela uma camizinha eu falei pera ai que isso ai patricia falou assim david quem ta na chuva e pra se molhar ai minha esposa assim calma amor nao vai me decpicionar voce acha que vou so chupar isso voce deve estar brincando senta ai e veja sua gata ser devorada por um outro macho e roger me olhou e deu uma piscada e falou relacha cara e curte a festa ai ela tirou a saia colocou a camizinha no roger e falou amor olha so isso vem aqui e curte o pau de roger nao era pequeno nao e ele colou a calcinha de lado e ela virou de costas pra min e encaixou o pau na buceta e sentou com uma vontade que entrou tudo de uma so vez e deu uma urrada e falou amigaaaa que delicia e patricia falou aproveita linda que e devora tudo e patricia assim relaxa querido que tua gata ta aproveitando e raquel falou assim amor olha so eu sentada em um pauzao deste e voce ai curtindo sua gata ser bem fudida quem diria e comecou a cavalgar no pau de roger e patricia do lado vendo minha esposa se deliciando.