Vídeo vaza na web novinha fio dental tomando leitinho para namoradinho – es

2 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , ,

Vídeo vaza na web novinha fio dental tomando leitinho para namoradinho – es

Vídeo vaza na web novinha fio dental tomando leitinho para namoradinho – es

Resolvi provocar papai usando de propósito uma calcinha mais provocante, não um fio dental é claro, mas uma calcinha meio transparente que entrava no rego. Assim como quem não quer nada eu massageava sua bunda e a separava. Os caras sacando a safadeza dela perguntaram:– Ué, seu namorado não tá ali?– Meu namorado é cornudo! Gosta de ver eu tomando rola quer ver?A gordinha abaixou a falou– Dá os pau pra eu chupar!Os seis caras tiraram as picas pra fora e a gordinha começou a mamar. -ele beijou meu pescoço e me arrepiei inteira, ele enfiou a mão na minha calcinha e eu gemi alto-Papai vai ajudar você.

Não aguentei mais ao vê-la gozar com aquele pau atolado na buceta e gozei em sua boquinha macia e ela sorveu todo meu leitinho quente, que adora engolir, vendo aquilo ele aumentou o ritmo, com metidas mais frenéticas que a fizeram gemer e soltar gritinhos, quando também gozou mais uma vez em sua buceta, inundando-a de novo com sua porra grossa e quente.

Chupava com muito mais vontade do que jeito, mas ainda assim era delicioso o boquete daquela novinha tarada. Jogamos videogame por algumas horas, ele me assediando, roubando uns beijos na marra às vezes, mas parando quando eu recusava.

Eu sempre achei ele gostoso, mas era o tipo de cara babaca do ensino médio. Numa hora o oficial disse para os guardas: se afasta !!… os caras se afastaram e o oficial começou a mijar na minha cara.

brComo tinha programado acordei cedo no domingo, acho que era umas 4 h, me arrumei para pegar a estrada e fui acorda-la para despedir então ela toda carinhosa acordou, escovou os dentes e nem tirou sua roupa de dormir, que era um babydool de seda que eu tinha comprado pra ela, aliás ela não dormiu de calcinha e assim ficou! Peguei a minha bagagem e descemos!Ela deu um grito de desespero, gritou a nota mais aguda que conhecia! Enlouqueci, despi-me e comecei a me masturbar, la em sua frente… como ela queria estar com as maos soltas para, ao menos, fazer o mesmo! Tocava o meu clitoris, contorcia-me, gemia, gritava e ela fazia o mesmo com uma mistura de satistacao e sofrimento! Cheguei ao orgasmo, o primeiro de muitos que estavam por vir naquele dia! Ela estava enlouquecida de tesao e me suplicava por carinho. Da aquela coçadinha na bunda.

No 2° dia de aula, estava saindo para o intervalo e esbarrei com nada mais nada menos que o meu namoradinho de 6 anos atrás, que aqui vou chamar de Carlos.

Ao mesmo tempo, desejei firmemente sentir o mesmo prazer, viver a mesma sensação.